Archive for the ‘Reflexão’ Category

Somos “Duas Vezes” do Senhor

28 novembro 2011

“Um garoto havia feito um pequeno barco, todo pintado e preparado com muita beleza. Certa vez, alguém roubou seu barco, e ele estava angustiado. Um dia, aso passar por uma casa de penhores, ele viu seu barco. Com alegria, correu ao dono da casa e disse: ‘Esse é o meu pequeno barco!’ ‘Não’, disse o homem, ‘ele é meu, porque eu o comprei’. ‘Sim’, disse o garoto, ‘mas ele é meu, porque eu o fiz’. ‘Bem’, disse o penhorista, ‘se você me pagar dois dólares, pode levá-lo.’ Era muito dinheiro para um menino que não tinha um centavo. Em todo caso, ele resolveu comprá-lo. Assim, ele cortou a grama, fez todo o tipo de trabalhos pequenos, e logo obteve o dinheiro.

Ele correu até a loja e disse: ‘Eu quero o meu barco!’ Ele entregou o dinheiro e recebeu seu barco. Ele pegou o barco em seus braços, o apertou, o beijou e disse: ‘Amo você, querido barquinho. Você é meu! Você é meu duas vezes. Eu fiz você, e agora comprei você.’

Assim acontece conosco. Em certo sentido, somos duas vezes do Senhor. Ele nos criou, e entramos na casa de penhores do diabo. Então, veio Jesus ao mundo e nos comprou a um terrível custo. Não foi prata nem ouro, mas Seu precioso sangue. Somos do Senhor pela criação e pela Redenção.” (William Moses Tidwell, Pointed Illustrations, Kansas City, Missouri: Beacon Hill Press, 1951, p. 97)

Anúncios

Vocação

15 novembro 2011

“Assim diz o Senhor: Mantende o juízo e fazei justiça, porque a minha salvação está prestes a vir, e o minha justiça, prestes a manifestar-se.

Bem-aventurado o homem que faz isto, e o filho do homem que nisto se firma, que se guarda de profanar o sábado e guarda a sua mão de cometer algum mal.

Não fale o estrangeiro que se houver chegado ao Senhor, dizendo: O Senhor, com efeito, me separará do seu povo; nem tampouco diga o eunuco: Eis que eu sou uma árvore seca.

Porque assim diz o Senhor: Aos eunucos que guardam os meu sábados, escolhem aquilo que me agrada e abraçam a minha aliança, darei na minha casa e dentro dos meus muros, um memorial e um nome melhor do que filhos e filhas; um nome eterno darei a cada um deles, que nunca se apagará.

Aos estrangeiros que se chegam ao Senhor, para o servirem e para amarem o nome do Senhor, sendo deste modo servos seus, sim, todos os que guardam o sábado, não o profanando, e abraçam a minha aliança, também os levarei ao meu santo monte e os alegrarei na minha Casa de Oração; os seus holocaustos e os seus sacrifícios serão aceitos no meu altar, porque a minha casa será chamada Casa de Oração para todos os povos.

Assim diz o Senhor Deus, que congrega os dispersos de Israel: Ainda congregarei outros aos que já se acham reunidos”.

Isaías 56:18

Série 5 minutos 

A Religião da Bíblia

6 outubro 2011

Ao contrário de qualquer outra religião, a religião da Bíblia (ambos os Testamentos) ensina que a salvação é somente pela graça. Nada do que fazemos jamais pode nos tornar bons o suficiente para ser aceitos por Deus. Nossas boas obras, por mais que sejam bem-intencionadas, inspiradas pelo Espírito, nunca poderão transpor o abismo que o pecado causou entre Deus e a humanidade. Se as boas obras pudessem nos salvar, se as boas obras pudessem expiar o pecado, se elas pudessem pagar nossa dívida diante de Deus e reconciliar a humanidade caída com o Criador, então Jesus nunca precisaria ter morrido por nós, e o plano da salvação seria algo radicalmente diferente do que é.

Mas, na realidade, podemos ser salvos do pecado unicamente por meio da morte de Jesus, creditada a nós pela fé, e da justiça de Cristo, desenvolvida em Sua vida e oferecida a todos os que verdadeiramente a aceitam. O pecado é muito perverso e contrário aos princípios básicos do governo de Deus, fundamentado no amor e na liberdade de escolha. Por isso, nada menos do que a morte de Cristo poderia resolver o problema trazido pelo pecado.

No entanto, a Bíblia deixa claro que nossas palavras, obras e pensamentos são importantes, e os pensamentos e ações revelam a realidade da nossa experiência com Deus.

Os que alegam ser filhos de Deus, mas não mostram justiça nem misericórdia para com seus semelhantes, estão revelando o espírito de Satanás, não importando a devoção com que se apegam às formas de adoração. Por outro lado, os que andam humildemente com Deus não negligenciam os princípios de justiça e misericórdia, nem desprezam as formas de adequadas para o culto. Deus está procurando verdadeiros adoradores, que estejam dispostos a demonstrar seu amor por Ele, levando uma vida de obediência, motivada pela humildade de coração. O que todas as orações corretas, todos os estilos de culto corretos e toda a teologia correta significam, se a pessoa é desagradável, cruel, arrogante, injusta e impiedosa com os outros?

Lição da Escola Sabatina do dia 21 de agosto de 2011.

Destino

26 setembro 2011


“Se vos alienastes e deixastes de ser cristãos bíblicos, convertei-vos; pois o caráter que apresentardes no tempo de graça será o caráter que tereis por ocasião da vinda de Cristo. Se desejais ser santos no Céu, deveis sê-lo primeiro na Terra. Os traços de caráter que nutrirde
s na vida não se mudarão pela morte ou pela ressurreição. Saireis do sepulcro com a mesma disposição que manifestáveis no lar e na sociedade. Jesus não muda o caráter em Sua vinda. A obra de transformação precisa ser feita agora. Nossa vida diária está determinando nosso destino” (Carta 18b, 1891).

Ellen G. White
O Lar Adventista, P. 16.

Série 5 minutos 

A Nossa Terra

20 setembro 2011

Em homenagem a todos os gaúchos que estão espalhados por todos os cantos desse mundo ficam os versos escritos por Maurício Morsch, um dos gaúchos que está longe da terra.

As cantigas não me deixam esquecer da minha Terra, do meu lugar.
Vou cantando, lembrando, cada canto do meu coração.
Ontem foi menos um dia pra voltar para o Lar.

Cedo aprendi, cada nota é capaz de espalhar conforto e paz,
E cada estrofe parece levar um passo mais perto do Lar.

As cantigas não me deixam esquecer da minha Terra, do meu lugar.
Vou cantando, lembrando, cada canto do meu coração.
Ontem foi menos um dia pra voltar para o Lar.

“Voltem-se para Mim”

1 setembro 2011

“Portanto dize-lhes: Assim diz o Senhor dos Exércitos: Voltai para mim, diz o Senhor dos Exércitos, e eu voltarei para vós, diz o Senhor do Exércitos.” Zacarias 1:3.

Todos os livros do Antigo Testamento que tratam do povo de Israel e que são escritos por um profeta tem essas palavras de Deus em alguma parte do livro. Às vezes está no livro mais de uma vez. Deus havia feito uma aliança com o povo de Israel. Essa promessa era que se o povo não se afastasse de Deus e mais ainda, se abandonasse os maus caminhos e se voltasse para o Pai do céu, Ele estaria sempre com o povo os ajudando, cuidando e protegendo.

Não sei se você já percebeu que a história do povo de Israel é a nossa história escrita na Bíblia. Por vezes nos rebelamos e vamos para longe de Deus. E o que acontece? O que é natural quando estamos longe de Deus. Não temos paz. Nossa vida por mais que pareça ser próspera é vazia e sem sentido. E então Deus nos olha e nos lembra da aliança que fez conosco na cruz do Calvário e diz: “Eu sou o Senhor dos Exércitos, Criador de todas as coisas e que te amo muito. Volta para mim. Gasta tempo comigo. Entrega o teu caminho para Mim e deixa que eu resolvo as coisas. Sou o Alfa e o Ômega, conheço tudo desde o princípio. Volte-se para mim e eu me voltarei para ti.”

E normalmente o que a gente faz também é igual ao povo de Israel, damos as costas e seguimos a vida como se nada tivesse acontecido. Tenho tido uma experiência incrível na minha vida há duas semanas. Decidi me aproximar mais de Deus através do culto pessoal e da oração pessoal. E tem sido uma bênção que só quem vive isso sabe descrever. Estar nos braços de Jesus deixando Ele decidir o que é melhor para minha vida e deixando Ele resolver qualquer problema que possa acontecer não tem preço. Sabe o que é mais legal? Deus sempre cumpre a parte dEle da promessa. Tem sido muito bom começar o dia Deus e continuar depois conversando com o Pai Celestial. E claro que não podia deixar de te convidar a fazer o mesmo. É tão bom, mas tão bom estar com Deus que você precisa experimentar. Tente, vale a pena voltar para o Deus que sempre é Fiel.

Que Tempo Já Faz?

24 agosto 2011

Existe um hino no hinário adventista (n° 425) que tem esse título e nós cantamos esse hino no último culto, no domingo, e me fez pensar sobre algumas coisas. Quem conhece o hino pode cantá-lo junto ao ler a letra. Quem não conhece apenas leia com atenção e pense em sua própria vida.

Que tempo já faz que falaste com Deus contando os segredos da alma? Que tempo já faz que oraste ao Senhor e de joelhos ouviste-Lhe a voz?  Que tempo já faz que não andas com Deus, deixando-o guiar tua vida? Teu Amigos quer ser, quer dar-te poder. Tu precisas sentir Seu amor.

Que tempo já faz que ajoelhaste a sós e oraste ao teu Deus lá do Céu? Que tempo já faz que o teu coração se apega aos pecados teus? Que tempo já faz que não falas de Deus, pregando a mensagem do Mestre? Teu Amigo quer ser, quer dar-te poder, implantar Seu amor em teu ser.

 

Moderação

22 agosto 2011


“Tudo isto vi nos dias da minha vaidade: há justo que perece na sua justiça, e há perverso que prolonga os seus dias na sua perversidade. Não sejas demasiadamente justo, nem exageradamente sábio; por que t
e destruirias a ti mesmo? Não sejas demasiadamente perverso, nem sejas louco; por que morrerias fora do teu tempo? Bom é que retenhas isto e também daquilo não retires a mão; pois quem teme a Deus de tudo isto sai ileso. A sabedoria fortalece ao sábio, mais do que dez poderosos que haja na cidade. Não há homem justo sobre a terra que faça o bem e que não peque. Não apliques o coração a todas as palavras que se dizem, para que não venhas a ouvir o teu servo a amaldiçoar-te, pois tu sabes que muitas vezes tu mesmo tens amaldiçoado a outros.

Eclesiastes 7:15-22

Série 5 minutos 


Ídolos

16 agosto 2011

Os ídolos das nações são prata e ouro, obra das mãos dos homens. Têm boca e não falam; têm olhos e não vêem; têm ouvidos e não ouvem; pois não há alento de vida em sua boca. Como eles se tornam os que os fazem, e todos os que neles confiam.” (vs. 15-18).

Salmos 135
Série 5 minutos

Possuindo Tudo

5 agosto 2011


Pelo contrário, em tudo recomendando-nos a nós mesmos como ministros de Deus: na muita paciência, nas aflições, nas privações, nas angústias, nos açoites, nas prisões, nos tumultos, nos trabalhos, nas vigílias, nos jejuns, na pureza, no saber, na longanimidade, na bondade, no Espírito Santo, no amor não fingido, na palavra da verdade, no poder de Deus, pelas armas da justiça, quer ofensivas, quer defensivas; por honra e por desonra, por infâmia e por boa fama, como enganadores e sendo verdadeiros; como desconhecidos e, entretanto, bem conhecidos; como se estivéssemos morrendo e, contudo, eis que vivemos; como castigados, porém não mortos; entristecidos, mas sempre alegres; pobres, mas enriquecendo a muitos; nada tendo, mas possuindo tudo.” (vs. 4-10).

2 Coríntios 6
Série 5 minutos

Feliz Dia do Amigo

20 julho 2011

Este dia lembra daquelas pessoas que estão sempre ao nosso lado para escutar, aconselhar, animar, brincar, sorrir, chorar, etc. São tantas coisas que nossos amigos fazem por nós que sem eles não conseguiríamos viver, não acha?

Você já se imaginou sem amigos? Eu já tentei, mas confesso que a conclusão que cheguei e que acho que todo mundo que tenta imaginar isso chega é que a vida seria muito chata, monótona e sem sentido. Deus nos fez para vivermos em comunidade, para vivermos com outros seres humanos. Deus sabe que nós precisamos de amor, carinho e atenção e que Ele, por mais que nos ame mais do que qualquer outra pessoa, não pode nos dar este carinho ou olhar nos nossos olhos. Deus faz isso através de pessoas. Deus age nas pessoas através de outras pessoas. Quando algum amigo seu mostra que você é importante, quando se importa com você, quando está ao seu lado nas piores situações ou ainda quando está tão feliz ou mais que você por alguma conquista sua, você tem uma visão embaçada de quem é Deus e do quanto você é importante para Ele. Deus ama você de uma maneira inimaginável e a maneira que ele encontrou de te mostrar isso é estando ao seu lado em todos os momentos de várias formas, através de todos os seus amigos. Por isso, a pessoa que está ao seu lado é muito importante, talvez mais do que você possa imaginar porque não é só um amigo, é Deus ali ao seu lado cuidando de você.

Então neste dia do amigo, que agora já está acabando, lembre-se de quem sempre está ao seu lado, de quem se importa com você, de quem ama você e retribua mandando uma mensagem no celular, no facebook ou no twitter nem que seja para dizer que esta pessoa é muito importante para você. Também não se esqueça de agradecer a Deus por estas pessoas que Ele colocou em tua vida porque como disse, é através delas que Deus cuida de você. E acima de tudo fale com Deus e agradeça a Ele por ser “um amigo mais chegado que um irmão.”

O Céu é Seu

12 julho 2011

O céu é seu, você sabia disso? Você sabia que está tudo preparado para te receber em breve? Sabia que a nossa “passagem” já está comprada? E, por fim, sabia que você só não vai pra lá se você jogar fora esta oportunidade?

Sábado passado acabou a semana de oração jovem na Igreja Adventista Central de Porto Alegre e o EA participou do culto. E o pastor Otacílio Porfírio falou exatamente sobre aquelas perguntas ali em cima nesta semana. Quando Jesus morreu na cruz a nossa “passagem” direto para o céu foi comprada sem volta. Todos temos este crédito em nossa conta. E mais, Jesus disse que teríamos porção dobrada do Espírito Santo para nos ajudar enquanto estivéssemos aqui na Terra. Outro crédito que está na nossa conta. E que nós precisamos fazer para retirar este crédito? Simplesmente pedir. Se há um pedido que Deus não nega é quando um filho pede Sua presença, Sua direção, Seu perdão. Deus facilitou as coisas para nós. Usando a metáfora do pastor Otacílio, quando Jesus morreu na cruz nós ganhamos uma passagem no avião para o céu, com direito a van na frente de casa nos esperando para levar até o aeroporto. Está tudo pronto. O Espírito Santo está esperando que você deixe ele operar em sua vida. Deus está esperando ansiosíssimo o dia em que nós poderemos estar com Ele do jeito que Ele planejou em “um lugar onde não haverá choro, nem pranto, nem dor”.

Só tem um porém, você pode escolher não entrar na van. Você pode escolher rasgar a passagem. Uma coisa que o pastor disse e que não sai da minha cabeça é: “você só não vai para o céu se você deliberadamente jogar a passagem fora.” Não é isso que Deus quer, mas Ele respeita. O céu vai ser muito mais especial se você estiver lá, mas o “avião” um dia vai partir e eu vou estar nele pela graça de Deus. E você?

“O Senhor não retarda a Sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia. Ele é longânimo para convosco, não querendo que ninguém se perca, senão que todos venham a arrepender-se.” 2 Pedro 3:9.

Espere no Deus que Vai Além

24 junho 2011

Escutei essa música algumas vezes essa semana e a letra fez bastante sentido para minha vida e acho que pode fazer sentido para você que está lendo também. Então escute a música e preste atenção na letra. E claro… Espere no Deus que vai além.

Abraço e Feliz Sábado!

Pra Quem Acha que Jesus Está Longe de Voltar

17 junho 2011

Pensei em algumas coisas pra escrever sobre esse vídeo como vergonha e indignação. Mas então me veio à mente um sermão que ouvi há um tempo e o pastor dizia que todos nós conhecemos o verso em que Jesus diz que “as pedras falarão”, mas o que a maioria de nós não percebe é que as pedras já estão “falando”. Tá, tenho (quase) certeza que você nunca viu uma pedra falando de verdade, mas o ponto é que o youtube, a televisão, o cinema, etc. Está todo mundo falando do fim do mundo. Será que a gente vai esperar que um pedra fale? Fala sério. Este vídeo está dizendo pra todos nós que o ser humano não tem conserto. O pecado destruiu e continua a destruir os seres humanos. E isso nos leva a duas opções:

1 – Você acredita em Deus e na volta de Jesus que está cada vez mais próxima;
2 – Você não acredita em Deus e, com todo o respeito, você não tem nenhum motivo para ter alguma esperança de que o mundo melhore.

As duas opções levam ao fim do mundo, que não está longe de acontecer. A diferença é o que acontece depois. Jesus está nos avisando de todas as maneiras que Ele pode, mas nós podemos escolher não enxergar ou não escutar. No final só tem duas opções e elas estão ali em cima. Qual é a sua?

Na Hora da Necessidade

28 fevereiro 2011

A dor e o sofrimento têm a capacidade de nos paralisar. Ficamos tão focados neles que perdemos de vista o que nos rodeia e até o que nos transcende. Por essa razão muitos de nós deixamos Deus de lado justamente nos momentos em que mais precisamos dEle. Numa ocasião muito probante da minha vida, um amigo me disse algo óbvio, mas que é difícil colocar em prática: Na hora da maior necessidade, é quando mais devemos buscar a Deus. É quando devemos vencer a paralisia causada pela dor e procurar socorro no lugar certo. Ou melhor, na Pessoa certa. “Satanás nos ataca nos pontos mais fracos, mas não precisamos ser vencidos. Por mais severo e inesperado que seja o ataque, Deus nos proveu o auxílio, e em Sua força podemos vencer. Na hora da maior necessidade, quando o desânimo domina a vida, então é que Jesus se aproxima bem perto. A hora da necessidade do homem é a oportunidade de Deus. Ele vê nosso perigo e nos provê auxílio. Sem ser visto por nós, Ele nos salva do inimigo.” Confiando nessa promessa e buscando o socorro divino na hora da necessidade, você poderá dizer como o salmista: “Amo ao Senhor, pois Ele ouviu a minha voz; ouviu o meu clamor por misericórdia. Porque inclinou para mim os Seus ouvidos, invocá-Lo-ei enquanto eu viver.” Salmo 116:1-2

Pastor Antônio Tavela

As Tormentas são Passageiras

1 fevereiro 2011

“Herman Gockel perdeu a voz aos 32 anos. Uma experiência terrível para um jovem pregador. Demitiu0se de sua igreja e foi morar com a esposa e os dois filhos na casa de sua mãe viúva.

A esposa conseguiu trabalho como secretária. E ele ficou em casa com as crianças. Ao cuidar dos afazeres domésticos, um texto bíblico lhe veio à mente: ‘Aquele que não poupou o Seu próprio filho, antes por nós O entregou, porventura, não nos dará graciosamente com Ele todas as coisas?’ (Rm 8:32)

Herman teve um raio de esperança. Orou. Seis meses mais tarde conseguiu um trabalho respondendo cartas de um programa de rádio. E também passou a ajudar na expedição da Editora Concórdia.

Dois anos mais tarde, Herman se tornou gerente da Concórdia. Então a esposa ficou gravemente enferma e foi hospitalizada 26 vezes. Seis vezes esteve à beira da morte. Mas Hermna continuou crendo em Romanos 8:32. Seus livros e artigos inspiraram milhões de pessoas, e ele foi convidado a criar um novo programa de televisão para sua igreja. Tudo isso depois de perder a voz.

Após a tormenta surgiu o arco-íris. Ah, é claro que isso nem sempre acontece. Mas Deus nos prometeu que não seremos tentados além das nossas forças; ‘pelo contrário, juntamente com a tentação, vos proverá livramento, de sorte que a possais suportar’ (1 Co 10:13). Apeguemo-nos a Deus e confiemos em Suas promessas”.

“Eis que venho sem demora”

23 janeiro 2011

Você já parou pra pensar nessas palavras de Jesus? No último capítulo da Bíblia, Apocalipse 22, João enfatiza essa frase por três vezes. No versículo 7 e 12 Jesus diz: “Eis que venho sem demora”. E no versículo 20 Ele diz: “Certamente venho sem demora”. Pois é, mas ontem o pastor fez uma reflexão interessante. O Apocalipse foi escrito por volta do ano 60 d.C. Hoje nós estamos em 2011. São mais ou menos 1950 anos e Jesus ainda não veio! Se Ele vinha sem demora porque está esperando quase dois mil anos pra voltar? Um motivo é óbvio. Jesus, ao dizer que vem sem demora, está deixando todos em alerta para a Sua vinda. Já imaginou se Ele dissesse que voltaria no dia 19 do mês de setembro do ano de 2123? Como será que seria a nossa vida?

Mas outra coisa é interessante. II Pedro 3:8, 9 diz assim: “Mas, amados, não ignoreis uma coisa: que um dia para o Senhor é como mil anos, e mil anos como um dia. O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia. Ele é longânimo para convosco, não querendo que ninguém se perca, senão que todos venham a arrepender-se.” Ou seja, o tempo de Deus é completamente diferente do nosso. Enquanto nos parece que Jesus tarda a sua vinda, Ele está lá no céu trabalhando para que cada um de nós não se perca, mas tenha a vida eterna.

Porém ainda há um terceiro ponto importante. Jesus está muito perto de voltar. E se por acaso você, ou eu, morrermos hoje ou amanhã, essa será a volta de Jesus para nós. Jesus está vindo sem demora. Se Ele está esperando é porque alguém ainda precisa tomar partido do lado dEle. Só que o dia da volta de Jesus está chegando. E “queira você, ou não; Jesus vai voltar. Acredite você, ou não; Jesus vai voltar. Esteja você preparado, ou não; Jesus vai voltar.”

Advertências solícitas

18 novembro 2010

“Paralelamente às promessas que promovem o nosso desenvolvimento pessoal, as cartas do Apocalipse nos alertam quanto à perigosa tendência de nos tornarmos excessivamente confiantes. Os crentes de Sardes e de Laodicéia sentiam-se tão seguros de que tudo corria bem com eles, que chegaram ao ponto de cair num estado de desânimo e sonolência. Os efésios abandonaram seu primeiro amor. O risco de nos tornarmos excessivamente confiantes é inerente ao cristianismo. Conhecemos tanto a respeito do amor de Deus, de Sua disposição em perdoar-nos e aceitar-nos tais quais estamos (e é certo que devemos conhecer essas verdades maravilhosas), que podemos facilmente equivocar-nos e pensar que Ele estará satisfeito se permanecermos como estamos.

Porventura os parentes já chegaram em sua casa no momento em que você está voltando de férias, com todas as crianças, seu enorme cachorro e uma montanha de roupas sujas? Você os convidou a passar a noite, e eles se “acamparam” durante uma semana? Eles esvaziaram a geladeira, rasgaram o sofá, mancharam o carpete e, finalmente, foram embora mal-humorados?

Pois bem, você os recebeu inicialmente com boas-vindas, não é certo? Você os aceitou tais quais estavam, não é? Entretanto, desejava você que eles se comportassem da forma como se comportaram?

Certamente não podemos pagar a Deus pelo alimento que Ele nos serve, ou pelas vestiduras e ouro que Ele nos vende. Não é Seu desejo que Lhe paguemos. Nem mesmo deseja que Lhe ofereçamos qualquer pagamento. Mas é Seu desejo que nos desenvolvamos como homens e mulheres de caráter, servindo inteligentemente às outras pessoas por amor a Ele, falando às mesmas de Sua bondade e provendo-lhes, de nossa parte, um exemplo que sirva como inspiração. Ele almeja que nossa família se torne uma inspiração para toda a vizinhança.

Os próprios membros de nossa família desejam que cada um de nós modifique o procedimento em vários pontos, “crescendo” nos mesmos, e nós o sabemos perfeitamente bem” (p.120-121).

C. Mervyn Maxwell, Uma nova era segundo as profecias do Apocalipse.
Série 5 minutos

Mortos vivos

5 outubro 2010

Não se preocupem, não vou viajar aqui sobre zumbis, apenas quero compartilhar uma ilustração que ouvi, neste fim de semana, sobre o salário do pecado.

Imagine que você está num avião Airbus A340 da Aerolineas Argentinas, indo para a Nova Zelândia. Uma viajem sobre o Pacífico, de aproximadamente 11 horas a partir da Argentina, a mais ou menos 10km de altura com velocidade de cruzeiro perto de 900km/h. Após cinco horas de viajem as 4 turbinas do avião entram em colapso e param de funcionar, e alguns segundos separam aquele aviao do oceano. A partir do dano irreversível das turbinas até que ele se espatife na água, o que podemos dizer dos passageiros deste vôo, eles estão vivos ou mortos?

“Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás.” Gênesis 2 : 17

“…para ser feliz…”

1 outubro 2010

Certamente você já ouviu alguém  falar de listas de coisas que precisava para ser feliz.

Um colega falou, em música (que está no vídeo deste post), que muitos procuram a felicidade e não a encontram, pois não querem ver o amor de Jesus, e pensam então, que felicidade é ilusão. Enganam-se, pois quem ama, crê e presta atenção nas pequenas coisas que nos trazem alegria e que nos levam a pensar nas coisas do céu e em Jesus, vai perceber as coisas simples que Deus nos revelou para obtermos felicidade.

Não precisamos de coisas para sermos felizes, mas perceber, até mesmo nas pequenas coisas a bondade e a fidelidade daquele que quer nos dar felicidade eterna, e não apenas coisas passageiras.

“Provai e vede que o Senhor é bom; bem-aventurado (feliz) o homem que nele confia.” Salmos 34:8