Archive for the ‘Música’ Category

“Em Busca do Amor”

5 dezembro 2011

Este é o tão sonhado e esperado 2° CD do grupo. Depois de 6 anos de gravações ele será lançado no final de semana que vem. E é claro que você está mais do que convidado a fazer parte dessa festa. Na verdade, serão duas festas. Uma no sábado à noite e outra no domingo à noite.

No sábado será feito o pré-lançamento do CD em um espaço muito legal chamado Nós Coworking que fica localizado no Shopping Total, em Porto Alegre. Este evento começará às 20h30min e será apenas para 100 pessoas. Essas 100 pessoas precisam ter o ingresso que pode ser adquirido com um dos integrantes do EA. Se você não tem contato com nenhum de nós não se sinta excluído. Você pode entrar em contato conosco por aqui ou pelo nosso Facebook.

Já no domingo haverá o lançamento na Igreja do Iguatemi. A entrada será franca e sem a necessidade de ingresso. Você poderá ir e levar algum amigo ou conhecido que goste de música porque o programa estará bem legal. Lá também o CD estará a disposição de quem quiser levá-lo pra casa. Mas, se você quiser garantir o seu antes por R$15,00 entre em contato com algum dos integrantes do EA ou, de novo, fale conosco por aqui ou pelo Facebook. Você vai receber um vale-CD que será trocado depois por um CD igualzinho a esse aí de cima.

Enfim, todos vocês estão convidadíssimos aos dois eventos. Se você quiser ir no sábado corra, porque os ingressos já estão sendo vendidos. Se não, estaremos esperando por você no domingo para essa festa.

Anúncios

Ensaio Ao Vivo!

22 outubro 2011

Neste exato momento o grupo Entre Amigos está ensaiando na Igreja Adventista do Iguatemi em Porto Alegre. Estamos ensaiando para o evento Sonho de Natal, que será realizado em Canela a partir do dia 12/11. Por enquanto a música que estamos passando é uma versão do Aleluia de Haendel que apresentaremos no dia 03/12, que é quando o grupo irá participar. Desde já convidamos a todos que quiserem subir a serra para irem lá nos ver. Tá, não só para isso, né? Tem toda a programação, tem a cidade toda enfeitada e não podemos esquecer dos chocolates. Então, se puder veja a agenda do evento e vá lá prestigiar!

Sessão de Fotos para o Novo CD

6 agosto 2011

Tá, eu sei que nós temos falado nesse novo CD há algum tempo, mais precisamente uns 5 anos. Mas agora o CD está pronto na parte musical e já estamos em processo de lançamento. Neste final de semana faremos uma sessão de fotos que usaremos para a capa e para divulgação do CD. Então fique atento aqui no blog e nas redes sociais do EA porque muito em breve teremos novidades sobre o CD. E se você ainda não é nosso amigo no OrkutFacebook ou ainda não nos segue no Twitter não deixe de dar uma passadinha por lá para deixar sua mensagem e para saber mais sobre o EA.

” O Céu Não é Tão Longe…”

25 março 2011

 

CD Sândalo, águas da vida

31 outubro 2010

O lançamento de Cd “águas da vida”, do Grupo Sândalo, foi uma festa espiritual e musical. Foi emocionante ver o batismo  de duas pessoas durante a programação. Foi muito bom, como expectador, ver que tudo aquilo foi feito com muito carinho, cuidado e dedicação. Era notório a felicidade de estarem oferecendo todo o seu melhor para o louvor a Deus.

O auditório do Camar foi pequeno para o tamanho da curiosidade, estava lotado. Além das belas músicas, da qualidade da reprodução do som e da simpatia de todos os componentes do grupo a programação contou com o prestígio e a participação das maiores autoridades eclesiásticas do campo, sendo a abertura feita pelo departamental jovem, Pr. Elton Bravo, a oração pelo trabalho foi feita pelo presidente Pr. Moisés Matos e a mensagem final pelo secretário Pr. Laerte Lanza.

O bis no final, foi com a música que é, pelo visto, unanimidade, …quero estar pronto pra subir, andar no caminho até o céu…, mas foi bem interessante ver a música que apenas os componentes da banda cantam.

Parabéns a todos do Grupo Sândalo, foi um programa realmente abençoado. Que Deus continue os inspirando e que essas mensagens possam chegar aos  corações sedentos desta água da vida.

Lançamento de CD

27 outubro 2010

O Grupo Sândalo – vocal e banda – é da Igreja Adventista Central de Cachoeirinha e já existe há muito tempo, mas lançará neste sábado, dia 30, seu primeiro CD, com título “ÁGUAS DA VIDA”.

Este trabalho já era muito esperado por nós, pois o Grupo Sândalo também desenvolve um trabalho mais autoral e com certeza estará contribuindo muito para a discografia adventista nacional.

Nós do Grupo Entre Amigos, tivemos a honra da participação da banda do Grupo Sândalo, na comemoração dos nossos 11 anos, foi um presente muito especial. Naquele ano conhecemos a música “quero estar pronto”, do Sândalo, que nos emociona cada vez que ouvimos. Fala com muita emoção da esperança de subirmos com Cristo ao céu.

Não perca o lançamento, as 20h30min, e não deixe de comprar o CD!

Domingos de Esperança (como Mega Domingos)

26 outubro 2010

Dia 24 de outubro, em mais uma edição dos DOMINGOS DE ESPERANÇA a Igreja do Iguatemi recebeu, além da mensagem sobre felicidade no casamento, trazida pelo Pr. Moisés Matos, duas das maiores vozes do rol adventista, mãe e filha, respectivamente, Sonete Costa e Laura Morena. Glória a Deus por tudo o que ouvimos lá!

Se você perdeu desta vez não se preocupe, pois dia 6/11 a Laura estará na Central de PoA e 20/11 no CAMAR com o Novo Tom. Pra este tem que comprar ingresso. Eu comprei o meu na Casa Aberta com o pessoal da igreja da floresta.

 

FILHO DE DEUS – partitura

13 outubro 2010

A música que é unanimidade e a mais pedida do CD VEM COM CRISTO é Filho de Deus. Esta música sempre foi ensaiada sem partitura, pois não existia. Como todo mundo escreve pedindo esta partitura resolvi transcrever… mas com o meu hd estragado perdi ela nos backups… até ontem, que achei! E  agora está no orkut do grupo aqui>>> http://www.orkut.com.br/Main#Album?uid=512234209566752501&aid=1286953825

bom proveito!

“…para ser feliz…”

1 outubro 2010

Certamente você já ouviu alguém  falar de listas de coisas que precisava para ser feliz.

Um colega falou, em música (que está no vídeo deste post), que muitos procuram a felicidade e não a encontram, pois não querem ver o amor de Jesus, e pensam então, que felicidade é ilusão. Enganam-se, pois quem ama, crê e presta atenção nas pequenas coisas que nos trazem alegria e que nos levam a pensar nas coisas do céu e em Jesus, vai perceber as coisas simples que Deus nos revelou para obtermos felicidade.

Não precisamos de coisas para sermos felizes, mas perceber, até mesmo nas pequenas coisas a bondade e a fidelidade daquele que quer nos dar felicidade eterna, e não apenas coisas passageiras.

“Provai e vede que o Senhor é bom; bem-aventurado (feliz) o homem que nele confia.” Salmos 34:8

música de dia dos pais

5 agosto 2010

Ontem postei sobre a música O MAIOR PAI DE TODOS,  que faz parte de um cd comemorativo ao dia dos pais que o GRUPO ENTRE AMIGOS fez há algum tempo. Tentei colocar a música aqui, mas não deu certo… mesmo assim vou por hoje um link, do you tube, que tem parte dela. Assim que conseguir salvar por completo aviso. Por enquanto é isso!

O maior pai de todos, Jesus.

4 agosto 2010

Sempre gostei de músicas que são claras, que não precisam de muita interpretação de texto. Já são tantas informações que concorrem com a mensagem, a melodia, o instrumental, os timbres… Sempre defendi o português correto e que o entendimento não ficasse prejudicado com sentidos dúbios. Não que não goste de poesia, mas que seja uma daquelas que encontra fácil o caminho do coração [algumas encontram primeiro os rins, brincadeirinha].

O grupo canta uma música, que fez parte de um cd especial para o dia dos pais que tem uma letra que sempre me intrigou. Eu não sabia se era uma inverdade ou uma licença poética, mas tinha medo que fosse algo meio herege, meio blasfemo.

A música diz que embora Jesus nunca tenha gerado filhos, para O chamar de pai, se tornou o maior pai de todos ao se entregar para morrer por quem não queria nem saber dele.

Esta semana, lendo os comentários de Ellen G. White, para a lição da escola sabatina, encontrei o endosso para a letra. “…mas porque Cristo o recebe como seu filho por adoção. O pecador obtém o perdão de seus pecados, porque esses pecados são carregados por Seu Substituto e Penhor. O Senhor fala a Seu Pai celestial, dizendo: ‘este é Meu filho. Eu o absolvo da condenação da morte, dando-lhe Minha apólice de seguro de vida – vida eterna – porque tomei seu lugar e sofri por seus pecados. Ele é mesmo Meu filho amado.’”.

A Fuga do Rock (4)

18 abril 2010

Brian Neumann

Como fazer decisões enérgicas em relação à música

1. Decida sobre o que constitui boa música, na base de informação concreta e não sob pressão de colegas. Você não terá de sacrificar seu gosto pessoal ou preferências especiais. Elas simplesmente devem tornar-se santificadas e refinadas.

2. Considere suas novas escolhas musicais como sendo uma aventura, um processo de descoberta. Tome tempo para definir e refinar seu gosto. Você descobrirá que aquilo que considerava a única opção em música era apenas uma pequena fração da boa música disponível.

3. Escute cuidadosamente as palavras para determinar se são ou não boas do ponto de vista espiritual. Embora haja distinção entre a música e a letra que usamos para os cultos e as outras dedicadas ao entretenimento pessoal, o conceito básico de escolher aquilo que é puro e enobrecedor permanece o mesmo (ver Filipenses 4:8).

Diálogo Universítário
Série 5 minutos

A Fuga do Rock (3)

22 março 2010

Brian Neumann

A volta à sanidade

Retornei à África do Sul resolvido a livrar-me de meu passado pecaminoso e iniciar uma nova vida. Decidi seguir o exemplo dos Músicos Cristãos Contemporâneos, usando meu talento na execução de versões modificadas de rock como meio de testemunhar.

Logo reconheci que não havia diferença significativa entre o rock secular e sua versão “cristã”, independentemente da letra. Música cristã contemporânea que se conforma com os critérios básicos do rock não pode ser usada legitimamente como música de igreja. A razão é simples: o impacto do rock ocorre pela música e não pela letra.

Esse pendor pelo rock através de seu “primo cristão” resultou em nova queda. Comecei a fazer concessões à espécie de música que eu tocava. O compromisso era fácil porque tudo o que eu tinha a fazer era mudar a letra. O estilo musical permanecia o mesmo. Retornei gradualmente à escuridão total e retomei rapidamente minha trajetória roqueira em Cape Town.

Numa de minhas apresentações ao vivo conheci Sue, que haveria de se tornar uma parte muito importante em minha vida. Sue e eu assistimos a seminários de profecia realizados em nossa cidade. Como resultado, fomos batizados na Igreja Adventista. A verdade recém-encontrada satisfazia nossas convicções. Contudo, três meses mais tarde estávamos fora da igreja. O rock ainda estava em minha alma. Antes que me desse conta, eu estava mais uma vez deslizando para o mundo da música popular.

Então formei minha própria banda, que recebeu o nome de Projeto Caim, um nome apropriado para meu desalento espiritual. Eu estava ocupado gravando com o pianista Duncan Mckay, da famosa banda “10 CC”, quando fui chamado até Port Elizabeth, mil quilômetros ao norte de Cape Town. O contrato requeria um programa de três meses. Fui contratado como solista, trabalhando seis noites por semana numa das boates mais famosas da cidade.

Port Elizabeth tornou-se a etapa final de minha peregrinação. Aluguei uma casa perto de uma praia isolada. Como trabalhava de noite, tinha tempo durante o dia para passear ao longo da praia e refletir sobre tudo que se passara em minha vida durante os últimos anos. Senti o Espírito Santo falar-me como nunca antes. Examinei os recessos mais íntimos de minha mente confusa. Às vezes as verdades ocultas de minha alma ferida eram duras demais de se enfrentar. Mergulhei em angústia e vergonha, e permiti que as lágrimas de arrependimento umedecessem as manchas de meus pecados. Por vezes sentia a admoestação e o consolo do Espírito, trazendo cura espiritual à minha vida.

A porta da aceitação de Deus parecia aberta. Ousadamente entrei por ela, deixando atrás meu passado escuro. Ao voltar para casa, em junho de 1994, Sue e eu tomamos a decisão de que, pela graça de Deus, não haveria mais retorno ao mundo do rock. Cortei toda ligação com ele. Seis meses mais tarde nos casamos e desde então temos dedicado nossas vidas a um ministério especial em favor daqueles que buscam escapar do poder hipnótico do rock.

(continua…)

Diálogo Universítário
Série 5 minutos

A Fuga do Rock (2)

15 dezembro 2009

Brian Neumann

Entrando em cena

Despontei no cenário musical local. A banda de que fazia parte chamava-se Primeira Página e se apresentava na televisão; nossa música era também tocada em algumas estações de rádio. Contatos com um produtor musical logo acrescentaram avanços à minha carreira. Tornei-me bom amigo de Manlio Celloti, dos estúdios HI-Z, que logo formou um grupo de três membros. Depois de gravar durante um ano em estúdios, estávamos prontos para viajar para além-mar.

Após três meses de estada na Alemanha, nossa banda de pop e rock, O Respeito, firmou contrato com a Discos Polydor, de Hamburgo. A gravadora lançou nosso disco Ela é Tão Mística em setembro de 1986. Esse lançamento abriu novas portas. A banda foi convidada a fazer parte de uma coleção alemã de LPs, com artistas do calibre de Janet Jac-kson e Elton John.

A vida se tornou uma miragem constante de programas, sessões de estúdio, entrevistas, mulheres, drogas e mais drogas. A essa altura, minha condição moral tinha-se deteriorado a tal ponto que nenhum tipo de vício me era estranho. Nesse meio tempo, o sucesso de nossas gravações produziram desavenças entre os membros da banda, e finalmente nos separamos.

Um dia depois de uma maratona de estúdio e uma orgia de drogas, acordei com o rosto no chão de um banheiro frio, na casa de uma vocalista de Hamburgo. Estava me afogando em meu próprio vômito, lutando pela vida. Contudo, achava-me bastante consciente para invocar o Deus de minha juventude, a quem eu havia esquecido há muito.

Ele, porém, não me tinha olvidado ou abandonado. Algo miraculoso ocorreu naquele dia. Meus rumos haviam provocado uma reviravolta importante, mas esse foi apenas o começo de uma viagem tortuosa, durante a qual experimentei muitas recaídas no rock, antes de libertar-me desse vício infame.

(continua…)

Diálogo Universítário
Série 5 minutos

A Fuga do Rock

25 novembro 2009

Por Brian Neumann

Minha peregrinação espiritual do rock para a Rocha dos Séculos é uma história dolorosa de vício, autodestruição e redenção.

Meus pais eram missionários adventistas do sétimo dia. Portanto, pareceria quase um absurdo que seu filho mais moço, criado no coração da África, mergulhasse no mundo do rock.

Todavia, isso aconteceu. Não súbita, mas gradualmente. Teve início quando, em companhia de alguns amigos, passei a ouvir certas músicas. Um cântico levou a outro e finalmente meus talentos naturais para a música e a arte foram canalizados para o sonho irreal e psicodélico do rock. Acabei sendo fisgado. O poder, as vestes, a fama e a presença mundial da revolução do rock cativaram-me. Logo me vi separado do mundo espiritual e da fé de meus pais. Uma nova era, uma nova cultura, tinham-se apoderado de minha vida, como ocorrera com a vida de tantos outros.

Logo passei para um estado permanente de rebelião. Nas palavras de um pop star do rock, David Crosby, “imaginei que a única coisa a fazer era roubar seus meninos… Ao dizer isso, não estou falando de seqüestrar, mas de mudar o sistema de valores, que os remove muito efetivamente do mundo de seus pais”.1″.

Meu sonho era aprender a tocar violão, coisa que fiz a toda pressa a fim de conquistar o “mundo deslumbrante de sexo, drogas, moda e rock’n’roll”. Eu sabia que o rock era exatamente isso. O próprio empresário dos Rolling Stones havia dito inequivocamente: “Rock é sexo. Você precisa impressionar os adolescentes com isso!”2

O rock e a cultura popular apregoavam ao meu subconsciente que não havia nada de errado com sexo pré-conjugal. O resultado tornou-se evidente em 1980, um ano após terminar o ginásio. Tornei-me, então, pai de uma criança.

(continua…)

 Notas e referências:
1. Peter Herbst, The Rolling Stone Interviews (Rolling Stones Press, 1981).
2. Time (April 28, 1967), p. 53.

Diálogo Universítário
http://dialogue.adventist.org/articles/12_3_neumann_p.htm
Série 5 minutos

Canções Vazias

12 setembro 2009

Eis que tu és para eles como quem canta canções de amor, que tem voz suave e tange bem; porque ouvem as tuas palavras, mas não as põem em obra. Ezequiel 33:32

A tarefa de ser músico gospel é árdua. Não só se deve aprender as notas, os instrumentos, e fazer com que tudo se encaixe de maneira harmoniosa, que seja agradável aos ouvidos. Não. Fazer música gospel está muito mais relacionado à mensagem do que propriamente ao som. Além de emocionar, ela – a música – deve também instruir, racionalizar, modificar.

Como fazer para ser mais do que simples músicos de entretenimento? Alguém que conte uma verdade clara e ao mesmo tempo profunda, algo mais do que somente canções de amor? Algo que transforme seus ouvintes?

Ellen White fala que o músico adventista deve estar tão preparado e consagrado quanto o pregador, quando esse for se apresentar no púlpito da igreja. Que responsabilidade! É uma pena, mas quem convive nesse meio, sabe a distância entre a realidade e o ideal fixado pela irmã White.

Um pregador não se prepara somente para a performance física de um sermão. Muito antes da oratória e da imagem pessoal, o bom orador estuda bastante e depois escreve sua explanação com cuidado e dedicação. É a criação da mensagem, que durante a execução final fará toda a diferença.

Nessa comparação, a semelhança com a composição para mim é muito clara. Ora, se o importante da música gospel é a mensagem, o compositor tem papel essencial. Mais ainda, uma responsabilidade de primeira grandeza. Afinal é sobre esse fundamento que a música se erguerá com suas cadências e melodias para alcançar o coração do ouvinte.

No entanto, irmã White não se refere aos compositores – ao menos não somente a eles; ela se refere àqueles que se apresentarão. Portanto, é uma cadeia inteira no processo de criação que necessita de extrema dedicação ao Senhor no seu trabalho. Estamos prontos? Antes de responder, lembre-se, Deus não escolhe os capacitados, mas capacita os escolhidos. E escolhido você já foi.

Ele virá!

12 agosto 2009

“Ele virá além das nuvens e para lá vai me levar, ele virá dos altos céus pra nunca mais se separar.”

Essa música fala sobre a volta de Jesus que está cada vez mais próxima. Outro dia estava conversando com minha namorada sobre como as coisas estão “estranhas”. Quando é frio, é muito frio. Quando chove, chovem dias inteiros sem parar. A gripe A vai atacar 50~60% da população. Tem tufão na China, terremoto no Japão, crise na economia e por aí vai. “Todas estas coisas, porém, são o princípio das dores.” Mt 24:8. Claro que não sabemos quando Ele vem, mas uma coisa sabemos: “ontem foi menos um dia pra voltar pro lar”.

Amor Completo

4 agosto 2009

“Quando olho o mar e as coisas lindas que Deus fez, vejo que seu amor não posso merecer.”

Estávamos em Torres, RS, em um retiro do grupo. No sábado fomos passear nesse lugar lindo.

DSC00157a

Ao voltarmos para a casa onde estávamos, os guris se juntaram e começaram a fazer uma letra para uma música que o Fábio já tinha composto. Na falta de inspiração para começar a letra, a minha participação foi lembrar do que tínhamos acabado de ver.
Enquanto olhava o mar e a sua imensidão, ficava imaginando como Deus é grande e poderoso. E, mesmo sendo tão maior do que nós, ele nos amou e morreu por nós. É esse amor completo de Jesus por nós, o interesse de Jesus em nos salvar que a música trata.

“É o amor completo que preenche o viver e me leva aos pés de Jesus”.

Lifehouse – Everything

29 maio 2009

A encenação é comovente. Quando assistir, não só ouça, veja, preste atenção. Pra quem se interessar no que a letra fala, abaixo um link com a tradução.

Letra traduzida.

comunicação – parte 2

5 maio 2009

sofisma

Sempre gostei de uma música pouco antiga, que foi regravada há não muito tempo no DVD ao vivo do Novo Tom. Chama-se ‘Usa-me’. Feita pelo Lineu e pelo Mário Jorge, ela é a oração de um servo do Senhor que agradece por ter sido escolhido por Deus para o seu trabalho. Ele ainda pede que Deus o use conforme sua vontade. Diz querer compreender mais o seu amor e falar de modo claro, a outros, impulsionado e inspirado por Ele.

Pela minha ignorância, achava engraçado e contraditório o seguinte fragmento da música: “… necessita compreender sem sofisma a salvação. Eu desejo em todo tempo falar claro da Tua graça…”.

Como podia alguém que usava a palavra ‘sofisma’ dizer imediatamente depois querer falar claramente? Hehe. Fui pro dicionário e descobri que sofisma é o raciocínio ou argumento que aparentemente é lógico, mas é falso e enganoso. Vi que esta palavra faz parte do nosso dia-a-dia mais do que pensamos. Informações manipuladas, conceitos distorcidos, defesa de interesses próprios bem argumentada… Por fim… a música ficou mais clara pra mim. Espero que pra vocês também.