Archive for the ‘Mídia’ Category

A revolução começou hoje?

29 abril 2009

Vamos, por um momento, fingir que não sabemos como achar todas as músicas online. Que não existe bittorrent e Comunidade Discografias (a versão 2.0). Esqueça que você é um iniciado e delete dos favoritos essas comodidades (ilegais, diga-se). Pois bem. Com essa amnésia temporária, você se sente como um dono de celular comum no Brasil, a média da população – que só conhece música “pirata” via CDs de coletâneas e arquivos passados por amigos. Para essa pessoa, a idéia de poder baixar qualquer música que quiser, a hora que quiser, sem pagar nada é, sem uma palavra melhor, revolucionária. E mesmo para quem conhece os meandros do Pirate Bay, um serviço assim seria mais rápido que qualquer outra solução e, para alívio das consciências mais pesadas, totalmente legal. Isso é o Comes With Music, uma idéia que vai na linha do que o Brian Lam pedia alguns dias atrás, pois entende que a única forma de fazer os piratas deixarem de ser piratas é dar-lhes uma interface rápida e opções ilimitadas por um preço baixo. De graça, tanto melhor. O Comes With Music – CWM, de agora em diante, é essa solução?

(more…)

Prêmio Bornancini

30 outubro 2008


Ontem à noite, na
Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul – FIERGS, aconteceu a entrega do Prêmio Bornancini, organizado pela Associação dos Profissionais em Design do Rio Grande do Sul (Apdesign). Este evento faz parte da segunda edição do Salão Apdesign, uma iniciativa que visa destacar os melhores projetos gaúchos de design, valorizando o exercício da profissão e estimulando os novos talentos.

O Prêmio Bornancini foi conferido aos projetos selecionados em 1º lugar em cada um dos 27 grupos propostos, como design de produto, editorial, embalagem, moda, etc. Na catedoria Design Digital Acadêmico, o premiado foi nosso conhecido, Jaire Passos, com o projeto “Escola de Fotografia Olho de Peixe”.

O Jaire foi admitido este ano no Mestrado em Design e Tecnologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) também com um projeto na área digital. Neste caso, foi com o design de interação desenvolvido para o Editor de Texto Coletivo, um projeto do Núcleo de Tecnologia Digital Aplicada à Educação, NUTED/UFRGS.

Quem quiser conferir os trabalhos premiados pode visitar a Mostra do Salão Apdesign que acontecerá no período de 12 a 27 de novembro, na Escola Superior de Propaganda e Marketing – ESPM/POA.

O Homem Épico

7 abril 2008

Faleceu nesse fim de semana o grande ator americano Charlton Heston. Conhecido por seu papel de Moisés em Os Dez Mandamentos, foi premiado com o Oscar pelo épico Ben-Hur. Outros, como eu, viram-no pela primeira vez no famoso filme de ficção científica: O Planeta dos Macacos.

Controverso, Heston nunca se ateve apenas aos seus papéis. Defendia o porte de armas ao mesmo tempo que se posicionava contra o aborto. No passado, foi uma forte voz na defesa dos direitos civis e contra a segregação racial. Mas deixou sua marca mesmo, representando papéis definitivos com sua voz grave em filmes épicos.

Se puder, assista:
Os Dez Mandamentos – Filme biográfico da vida de Moisés.
Ben-Hur – Epopéia de um mercador judeu tornado escravo por um oficial romano que era seu amigo na infância.

Separe bastante tempo – e que não seja de noite – porque os filmes são longos.

Hussein e tia Sam

26 fevereiro 2008

O próximo presidente americano, ao que tudo indica, será negro, o primeiro da história. Preste atenção ao nome do mais forte candidato: Barack Hussein Obama Jr. – não Osama. Nomezinho perigoso, não? Se eu fosse um humorista barato e irresponsável diria: um nome bombástico!

As pesquisas entre membros do partido democrata lhe são favoráveis, mas ontem uma foto surgiu entre os partidários de sua adversária, Hillary Clinton – que seria a primeira tia sam – capaz de derrubar seu castelo de boas cartas. Nela, o senador aparece vestindo um turbante semelhante ao estilo árabe numa viagem à África em 2006. Os fãs de Clinton têm com isso mais um argumento para provar que Obama não seria um presidente muito patriótico, para exagerar no eufemismo.

Mas o que isso tem a ver com a gente, meros gaúchos, brasileiros desinformados? Bem, nada, se os teus planos incluem uma viagem para Marte pelos próximos 20 anos. Se bem que mesmo assim, seria melhor saber quem vai ser o xerife do planeta por um tempo. Já que esse cara pode promover mudanças drásticas na maneira como os países se relacionam, ou mesmo ordenar que um deles desapareça do mapa.

Peculiarmente para nós, adventistas, também é relevante. Sabemos que grande parte dos acontecimentos finais envolve os EUA, então, não custa pedir um pouco de colírio e manter os olhos abertos. Como diria Cazuza, o tempo não para, e o fim uma hora vai chegar.

Grammy Awards 2008

12 fevereiro 2008

grammy.jpg

50 anos de premiação, greve de roteiristas, mas… the show must go on! e ele começou bem. Na abertura, uma apresentação de categorias e estatuetas gravada com Frank Sinatra na primeira edição em 1959 foi seguida por um dueto virtual com Alicia Keys ao piano. Tio Frank novinho em folha, em pé ao lado do piano de cauda, só que em preto e branco. Mais tarde, Alicia faria outro dueto, com outro gênio da música (minha definição), John Mayer.

keyes_sinatra.jpg

Se tudo é show nos EUA – até o intervalo de uma partida de basquete entre colégios é animada por cheerleaders – quando se trata de Grammy e Oscar, isso se torna muito evidente. Bandas e intérpretes empilharam músicas de qualidade em performances inspiradas. Cada uma delas com sua própria pirotecnia e telões estratosféricos.

Conhece as Clark Sisters? Pois é, ganharam o gramofone de melhor performance e música gospel. Isso mesmo, gospel! Aliás, teve até show gospel no meio da premiação, liderado por Aretha Franklin e BeBe Winans. Os prêmios dessa categoria: Performance Gospel; Música Gospel; álbum de Rock ou Rap Gospel; álbum Pop/Contemporâneo Gospel; álbum Southern/Country/Bluegrass Gospel; álbum tradicional Gospel; álbum R&B Contemporâneo Gospel. Os mais conhecidos por aqui não foram muito bem, exceção feita a Fred Hammond que levou o melhor álbum R&B, Free to Worship. Indicados e não premiados: Bill e Gloria Gaither na categoria Country e Michael Smith no Pop/Contemporâneo.

clarksisters.jpg

Mas não se assuste, o showbusiness continua o mesmo. A principal vencedora da noite, protesta no refrão premiado: eles tentam me levar para a reabilitação, mas eu não vou! Amy Winehouse ganhou 5 gramofones e não foi para a rehab. Ao que parece suas aparições continuarão sendo um espetáculo de bebedeiras e drogadições.

Mas também houve episódios emocionantes. A homenagem aos Beatles, por exemplo. Cirque du Soleil e o elenco do filme Across the Universe interpretaram A Day in Life e Let it Be, respectivamente. Kanye West, premiado por melhor álbum Rap, interpretou uma música composta por ele em homenagem a mãe, falecida em 2007. Ao receber seu prêmio, Kanye foi agente de algo inusitado. Enquanto agradecia, a música de fundo levemente aumentava o volume, mostrando que seu tempo acabava. Kanye que ainda não mencionara sua mãe no agradecimento, disparou: acho que seria de bom gosto que a música parasse. Sucedeu-se o silêncio e o rapper pode acabar o agradecimento lembrando a mãe, emocionado.

Não assisti tudo. Acabaria muito tarde. Mas já deu pra perceber que existe muito mais música entre o céu e a terra que nossa vã filosofia pode desconfiar.

Especial de Natal

24 dezembro 2007

tvcristal2.jpg

Assista à participação do EA no Especial de Natal da TV Cristal, canal 55 UHF e 11 na Net, terça-feira, dia 25, 13 H. O grupo canta duas músicas, Santa Noite e Transbordando em Amor, uma logo na abertura e outra no decorrer do programa.

Destaque em Comunicação – Sinepe/RS

5 dezembro 2007

O Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino Privado no Estado do Rio Grande do Sul (Sinepe/RS) realizou na noite de ontem, no Restaurante Panorama, da PUCRS, o 5º Prêmio Destaque em Comunicação. 

Nesta ocasião, dois EAs compunham equipes premiadas. O Jaire, com o pessoal do Colégio Farroupilha, que ficou com o Prêmio Prata em Mídia Impressa, com a Revista O Farroupilha, e Bronze em Mídia Digital, com o site da escola, categoria Ensino Básico acima de 500 alunos.

sinepe3.jpg

E eu ;o) com a equipe do Centro Universitário Ritter dos Reis (Uniritter), que ficou com Prêmio Prata em Mídia Impressa, com a Revista Conexão, e Bronze em Mídia Digital, com o blog da premiação Jessup, categoria instituição de nível superior.

sinepe1.jpg

sinepe.jpg
      

É nóis mesmo!

4 dezembro 2007

senac.jpg

Pode confirmar, era mesmo o EA. Encartado no jornal Zero Hora de segunda-feira, da semana passada, estava um informativo publicitário do Senac com algumas fotos clicadas pelo Jaire e pelo Rodrigo e com o pessoal do EA dando uma de modelos fotográficos. O cachê vai ser todo aplicado na produção do nosso próximo CD.

Interessado em nos contratar? É só fazer contato. ;o)

Rumores de Guerra

22 outubro 2007

guerra.jpg 
http://www.defenselink.mil/news/newsarticle.aspx?id=43473
 

Uma pessoa que não tem o costume e resolve ouvir ou ler os noticiários internacionais pode ficar bastante assustada: 90% do que se fala é guerra ou rumores de guerra. São presidentes que se desentendem em pormenores e não parecem se importar com as conseqüências, que quase sempre são enormes, catastróficas. Só na semana passada, encaixar as notícias parece produzir o rascunho de um breve futuro assustador: 

Quarta feira, 17 de outubro
Folha de São Paulo: Bush alerta para Terceira Guerra Mundial se Irã tiver bomba nuclear.
Estadão: EUA homenageiam Dalai Lama e irritam China.

Quinta feira, 18 de outubro
Estadão: Putin defende o Irã e denuncia tentativas de impedir sua visita.

Em dois dias, os jornais noticiaram a principal potência militar do mundo, notadamente de direita, se manifestar contra uma potência emergente e duas grandes potências de esquerda. Provavelmente a diplomacia resolva essa série de impasses, mas é impressionante como os líderes mundiais adoram flertar com os limites da guerra.

Resta a nós, observarmos silenciosamente os sinais de um acontecimento muito maior que ainda está por vir, que irá suplantar a grandeza de qualquer guerra ou paz que os humanos já sonharam.