Archive for julho \29\UTC 2010

Vasos de Barro

29 julho 2010

“Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus e não de nós.

Em tudo somos atribulados, porém não angustiados; perplexos, porém não desanimados; perseguidos, porém não desamparados; abatidos, porém não destruídos; levando sempre no corpo o morrer de Jesus, para que também a sua vida se manifeste em nosso corpo.

Porque nós, que vivemos, somos sempre entregues à morte por causa de Jesus, para que também a vida de Jesus se manifeste em nossa carne mortal.” .

2 Coríntios 4:7-11
Série 5 minutos

“Se Confessarmos Nossos Pecados…”

28 julho 2010

Sábado passado o grupo esteve na igreja do bairro Santa Isabel, em Viamão. Este foi um sábado especial para o grupo porque foi o primeiro sábado em que o grupo se apresentou esse ano e não choveu! Pelo menos na parte da manhã. Durante o ensaio, à tarde, voltou a chover.  Mas estava muito frio, apesar do sol.

O tema do sermão foi que devemos confessar os nossos pecados para Deus confiando que, em Jesus, somos perdoados. “Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça.” I João 1:9. Jesus toma o nosso lugar perante Deus. Jesus chega ao Pai e diz que morreu por nós e, assim, nos dá libertação. Porém, precisamos pedir perdão e confessar os nossos pecados para que o Espírito Santo possa atuar na nossa vida. Foi o que aconteceu com Davi quando cometeu adultério. Ele escreveu que sentiu amargura de espírito enquanto não confessou seu pecado e pediu “um novo coração”. Sabemos que temos um Deus justo e o melhor advogado intercedendo por nós, então é só fazermos a nossa parte.

“Brechas”

19 julho 2010

Em mais um sábado de muita chuva o grupo viajou até a cidade de Camaquã, que fica uns 180km de Porto Alegre, para participar do Congresso Jovem realizado na igreja central de Camaquã. Apesar da chuva, que não parou, e do frio os irmãos não se intimidaram e foram ao Congresso pela manhã e também a tarde.

O tema do Congresso foi “Brechas”, enfatizando as brechas que nós deixamos em nossa vida para que o pecado tome conta de nós. Pela manhã, o pregador usou como exemplo a história de Theodore Robert Cowell, que foi um dos mais temíveis assassinos em série da história dos Estados Unidos. “Ted” Bundy, como era conhecido, era um rapaz inteligente e religioso. Era formado em psicologia e ajudava pessoas suicidas. Mas, em um momento da vida ele abriu uma brecha para que o pecado entrasse e fosse tomando conta do pensamento até chegar ao ponto de estuprar e matar várias mulheres.

É interessante ver que coisas tão horríveis como essas feitas por Bundy começam com pequenos pensamentos. O inimigo nos ataca onde nós deixamos brechas, não onde somos fortes. Parabéns aos jovens de Camaquã por se preocuparem com esse tema tão importante.

Louvar a Jesus

11 julho 2010

O Poder da Oração

7 julho 2010

Você sabe o que Jesus fazia quando estava passando ou sabia que iria passar por dificuldades? Ele ficava a noite inteira em oração. Martinho Lutero orava todas as manhãs, mas quando ele sabia que o dia seria difícil ele orava por mais tempo. Daniel orava três vezes por dia. Davi buscava a Deus em oração de manhã bem cedo.

O que você faz quando o dia vai ser cheio de reuniões importantes, ou de uma programação que você está organizando, quando o dia reserva grandes provações para você? Normalmente estamos tão ansiosos e preocupados com o que vai acontecer que esquecemos de que quanto mais difícil a provação mais oração precisamos porque “muita oração, muito poder”. Lembre-se que uma das coisas que Jesus mais fez aqui na Terra foi orar. Se Jesus sentia necessidade de passar tanto tempo orando quanto mais nós precisamos ter esse contato com Deus.

A oração traz Deus para perto de nós. É o nosso contato mais próximo com o Criador. Precisamos orar a sós com Ele, entregar todos os nossos problemas e dificuldades. O próprio Jesus disse: “Vinde a Mim todos os que estais cansados e sobrecarregados e Eu vos aliviarei”. O mundo nos impõe uma vida muito corrida, mas Deus nos convida a parar e conversar com Ele. Convide Deus a passar o dia com você. Sinta o poder da oração.