Archive for abril \29\UTC 2009

A revolução começou hoje?

29 abril 2009

Vamos, por um momento, fingir que não sabemos como achar todas as músicas online. Que não existe bittorrent e Comunidade Discografias (a versão 2.0). Esqueça que você é um iniciado e delete dos favoritos essas comodidades (ilegais, diga-se). Pois bem. Com essa amnésia temporária, você se sente como um dono de celular comum no Brasil, a média da população – que só conhece música “pirata” via CDs de coletâneas e arquivos passados por amigos. Para essa pessoa, a idéia de poder baixar qualquer música que quiser, a hora que quiser, sem pagar nada é, sem uma palavra melhor, revolucionária. E mesmo para quem conhece os meandros do Pirate Bay, um serviço assim seria mais rápido que qualquer outra solução e, para alívio das consciências mais pesadas, totalmente legal. Isso é o Comes With Music, uma idéia que vai na linha do que o Brian Lam pedia alguns dias atrás, pois entende que a única forma de fazer os piratas deixarem de ser piratas é dar-lhes uma interface rápida e opções ilimitadas por um preço baixo. De graça, tanto melhor. O Comes With Music – CWM, de agora em diante, é essa solução?

(more…)

Anúncios

Complementando…

28 abril 2009

Os últimos 2 posts que escrevi, escrevi em um momento honesto de profunda indignação com nossos governantes. Hoje vi um vídeo de um comentarísta político que é uma espécie de Paulo Sant’ana de Santa Catarina, sobre o escandalo das passagens.

Acredito que complementa o que escrevi. Assistam, divulguem e se você sentir um nó na garganta, uma vontade de chorar  e vontade de fazer alguma coisa, FAÇA!!!

A escolha é sua

25 abril 2009

 

129_108-guerrilhaimagem: http://oglobo.globo.com/pais/Noblat/post.asp?t=libertadas-as-duas-refens-da-farc&cod_Post=86424&a=111

 

As palavras de Jesus estão se cumprindo ao pé da letra. Guerras e rumores de guerras. Guerras entre irmãos, loucas e sem sentido. Guerras que nascem no fundo do coração humano. O homem e a mulher se esforçam para entender o que acontece dentro de si, mas não conseguem.

Em 1984, dirigi uma série evangelística no Estádio Nacional de Lima. Quarenta mil pessoas lotavam o estádio todas as noites. Gente desejosa de ouvir as boas-novas do evangelho. Um mês depois, recebi uma carta de um militante do movimento guerrilheiro que tanta dor causou ao meu povo. A carta dizia: “Estive no Estádio Nacional, não porque me interessasse pelo que o senhor ia dizer. Estava lá numa missão designada pelo meu grupo. Estamos presentes em todos os lugares, com os olhos e os ouvidos atentos. Fui ao estádio naquele dia para cumprir uma rotina. Eu não sou mau. Sou simplesmente um sonhador. Sonho com um país livre, onde as crianças nasçam com esperança, e não condenadas a uma vida de exploração e miséria. Infelizmente, para construir esse país, é necessário destruir a sociedade estabelecida. Eu pensava que para isso devia-se pagar um preço, e o preço era o derramamento do sangue de gente inocente. Mas, naquela noite, eu o ouvi falar de Jesus. Descobri que todo o sangue que seria necessário derramar para construir uma sociedade nova já havia sido derramado na cruz do Calvário. Mas que o senhor quer que eu faça agora com a lembrança dos meus crimes? Que faço com os pesadelos que me consomem todas as noites? Como retiro da minha mente a imagem de gente inocente que suplica de joelhos que não a mate? Aonde vou com minha dor, com meu passado, com o peso terrível da minha culpa?”

Este foi sempre o grito desesperado do coração humano: O que faço? Que farei? Para onde vou? Em meio a esse torvelinho de lutas e aflições, eu convido você a ouvir a voz mansa de Jesus: “Deixo-vos a paz, a Minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize” (João 14:27). Nos tempos de conflitos e guerras em que vivemos, não pode haver convite mais doce.

Você aceitará o convite? A resposta é apenas sua.

Texto de Alejandro Bullón l Sinais de Esperança l pp. 22 e 23
Série 5 minutos

Olha o Avião!!!

23 abril 2009

A palavra avião pode ser usada em várias situações: pode se referir a uma mulher bonita, a um carro em alta velocidade, ao superman, a um ladrão… a língua portuguesa e a criatividade do povo nos permite essa variedade de aplicações a uma mesma palavra.

Mas hoje vou opinar dos aviões que temos em Brasília e das suas relações com a criação de Santos Dumont ou dos irmãos Wright (escolha sua história). Em meio a crise mundial e dados alarmantes dos especialistas, vemos mais uma vez em nosso país outro exemplo de má administração do dinheiro público, do nosso dinheiro.

Nossos governantes estão acostumados a usar o dinheiro público e não prestar contas a ninguém. Quando a imprensa resolve divulgar uma coisa como essa e a opinião pública exerce alguma “pressão”, gera discursos como: “fui convocado pela nação e tenho que abandonar minha família em meu estado e vir para Brasília?!? O estado tem que dar o suporte necessário para que eu possa trabalhar…” para um cara que ganha R$16.200,+ 60mil verba de gabinete, + verba indenizatória de 15mil para outros gastos + 4mil de verba postal?!? (sim, R$4.000 para comprar selos e pagar sedex) + 3mil auxílio moradia + verba gasolina .. somando tudo eles custam aproximadamente R$100mil cada. Fora o “nepotismo tabelado” que acontece a olhos vistos. Vossa excelência tem que concordar que essa convocação está muito bem paga. Fora as 8 passagens que cada parlamentar tem por mês para seu estado, eles tem direito a 2 passagens por mês para o Rio de Janeiro.. sabiam dessa?? Só porque um dia a cidade maravilhosa foi a capital do Brasil. Foram 1280 passagens para o exterior em um ano e meio de mandato. É algo realmente absurdo.

 Agora que definiram algumas regras, os nobres deputados querem aumentar o seu próprio salário em 50%. Ainda tem coisas nesse país que ainda me surpreendem.

O que me consola é que já estamos quase lá, e que poderei viajar de graça sem avião para um lugar muito melhor. Mais enquanto esse dia maravilhoso não chega, vamos tomar uma atitude e votar consciente. Se você não sabe em quem votar, estude as propostas dos candidatos. Se estiver com preguiça, fique em casa e aproveite o domingo fazendo outra coisa que seja menos prejudicial para seu sofrido país. A multa é irrisória, eu garanto.

Preciosas Promessas de Páscoa

18 abril 2009

pascoa_2009

Você deve conhecer aquela caixinha cheia de papéis com versos bíblicos chamada de “Preciosas Promessas”. Na minha família, é costume além de tirar um papelzinho para você mesmo, tirar também um verso dedicado a outra pessoa.

 

Neste feriado de Páscoa, fazendo o culto em casa, foi tirado pra mim o verso de João 3:16, um trecho bem conhecido, que muitos sabem de memória. Só que o verso foi lido assim: Porque Deus amou a Paula de tal maneira que deu seu Filho unigênito, para que ela, crendo, não pereça, mas tenha a vida eterna.

 

Lembrei-me da letra de uma música que pergunta: “Porque morreu meu Jesus por mim? Por que me amou assim?” É difícil de entender. Deus me amou tanto que deixou seu Filho vir a este mundo para ser desprezado, maltratado, humilhado e morrer no meu lugar. E Jesus teria feito esse sacrifício mesmo que fosse para salvar apenas a mim.


Não temos como compreender ou agradecer tão maravilhosa dádiva, trata-se de um amor que nos constrange (II Cor. 5:14). Só nos resta aceitar e tentar correspondê-lo. Pode haver melhor presente de Páscoa?

Atitude

14 abril 2009

Quase todos os dias no caminho para o trabalho, ouço na Band News FM um jornal sobre as notícias do dia e atualidades. Recomendo o programa. Na sexta-feira (10/04) ouvi a seguinte manchete: “Marido rouba ambulância para transportar mulher grávida do posto de saúde para o hospital.” Resumindo a notícia, o casal chegou em um posto de saúde em Curitiba e a esposa grávida de 5 meses, não foi atendida pois era horário de almoço… o marido então enxergou uma ambulância estacionada na frente do posto de saúde, colocou a mulher dentro, e foi para o hospital mais próximo. Link Esse cidadão tomou uma atitude, questionável, mas tomou uma atitude. Não ouso julgar os motivos/razões que o levaram a decidir por “transgredir” uma lei clara, pois no lugar dele eu realmente não sei o que faria.

Uma das definições da palavra atitude no Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, é a seguinte: “…tomar uma decisão enérgica para mudar uma situação insatisfatória que já perdura há algum tempo.”

Quando o Sr. Adriano Senhoriho resolveu “roubar” a ambulância para salvar sua esposa, ele, literalmente, tomou uma atitude energética para mudar uma situação insatisfatória que perdura há algum tempo, para ele e para os brasileiros que não conseguem pagar um plano de saúde. O Sr. Senhoriho é o meu herói da vez. Foi um brasileiro que tomou uma atitude.

A pergunta que me fiz é qual é o limite para o cidadão tomar uma atitude? Até onde vamos ver essa falta de vergonha de nossos governantes só reclamando em conversas de amigos, ou blogando? Quando vamos tomar uma atitude realmente?

Quando falo de tomar uma atitude, não falo em passeatas e quebradeiras. Mais sim de um voto consciente. Você sabe o nome do senador do estado? O nome de 5 deputados federais (temos 31).

Você tem tomado atitudes também na sua vida espiritual? Para mudar uma situação insatisfatória que perdura há algum tempo?

“sei as tuas obras, que não és frio, nem quente; prouvera a Deus que fosses frio ou quente; assim, porque és morno e não és frio, nem quente, vomitar-te-ei da minha boca” (Apocalipse 3:15-16)

Subindo a montanha

8 abril 2009

montain1

Texto de Erson Ramos

 

Na década de 70, a música com o titulo “A Montanha” de autoria de um famoso cantor pop fez um estrondoso sucesso no meio secular e até mesmo no meio cristão. Em sua letra, o autor dizia que subiria a montanha para “ficar mais perto de Deus e rezar”. Ele tinha uma longa lista pedindo a solução para as diversas mazelas humanas – que todos nós sabemos ser fruto do pecado de Adão e Eva.

 

Nos últimos anos, temos ouvido experiências de pessoas que sobem alguma montanha e, depois de jejuns e orações, relatam alcançar grande poder espiritual, ficando aptos a realizar verdadeiros prodígios na pregação do evangelho. Seria esta mais uma moda efêmera ou algum tipo de êxtase fanático? Creio que nem uma coisa nem outra.

 

Na semana passada, um grupo de pessoas da igreja adventista, em Pelotas, subiu a montanha. Por mais de 40 horas, em um “jejum com frutas”, eles ouviram pregações desafiadoras, oraram com fervor, cantaram com entusiasmo e experimentaram um revigoramento espiritual inédito para a maioria dos participantes.

 

A Bíblia relata diversos fatos relacionados com pessoas que subiram a montanha para orar e estar a sós com Deus, incluindo Cristo poucas horas antes de sua prisão e morte. Mas fica a dúvida: existe algum poder sobrenatural nas montanhas? Minhas orações no recôndito de meu quarto não têm o mesmo valor? Isto é muito simples de responder. Com certeza eu posso encontrar Deus em qualquer hora e lugar. Mas subir a montanha simboliza quebrar um dos maiores desafios da humanidade desde a saída do Éden: vontade de abandonar o conforto, o comodismo e o eterno desejo de afagar o próprio ego que cada um traz como uma maldita herança genética. Subir a montanha é avançar em direção a Deus de forma irreversível. É abandonar tudo e todos para se colocar inteiramente nas Mãos do Criador.

 

Confesso que a melhor experiência de minha vida foi ter subido a montanha e conhecido um Deus que eu proclamava, mas era estranho para mim. Eu subi a montanha e digo que, apesar de ter uma vida feliz aqui, eu não gostaria de ter descido de lá nunca mais, porque aquele lugar é o mais parecido com o Céu que a Bíblia tem me ensinado.

A caminhada cristã

6 abril 2009

capali22009Já apresentamos em outros posts, neste blog, as lições da Bíblia. Trata-se de temas que estudamos a cada trimestre sobre temas específicos. Todos os sábados, nos reunimos e dividimos o que estudamos. Com essa interação, podemos obter uma compreensão mais profunda do assunto proposto.

 

Neste trimeste vamos estudar “A caminha da cristã” através de temas como amor, fé, esperança, graça, discipulado e missão, entre outros. Espera-se que com esses estudos, possamos não apenas chegar a um crescimento intelectual, mas que estes conceitos sejam experimentados em nossa vida.

 

Se você deseja participar, pode pegar os textos no site da CPB e nos enviar um email com seu bairro e cidade que indicaremos o grupo de estudos mais próximo de sua casa. Existem grupos em todo o Brasil (e em quase todo o mundo).