Archive for março \30\UTC 2009

Me acompanha, Senhor?

30 março 2009

caminhada1

Você já reparou que anda por vários lugares durante o dia? Você sai de casa pro trabalho ou pra faculdade, de lá para o almoço, de volta ao trabalho (ou faculdade) e depois pra casa. Isso sendo super sucinto nas nossas locomoções diárias.Outro dia fiz as contas de quanto tempo eu passava em locomoção por dia. Me assustei bastante quando percebi que passo (em média) 2 horas e meia por dia caminhando e andando de carro ou ônibus pelas ruas de Porto Alegre. Aí me liguei. Bah, é um baita tempo que eu estou à beira da morte.

Como assim? Uma das maiores causas de morte em nosso país, estado e cidade é o trânsito. É o tempo que estamos em locomoção. Então um belo dia caminhando e conversando com Deus eu vi um acidente. Coisa simples, danos materiais apenas. Mas eu comecei a pensar e questionar Deus sobre como somos vulneráveis. Como sem Deus somos nada, somos pó, somos frágeis.

Onde já se viu um ser humano sair de casa sem pedir a proteção de Deus? Hoje pra mim isso é absurdo! Nós não fazemos ideia do quanto Deus nos protege. Ficamos indignados quando vamos sair de casa e o pneu está murcho, quando estamos chegando na parada e o ônibus passa. Até parece que não sabemos que todas as coisas são controladas por Deus! “Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus.” Rom 8:28.

Nunca saia de casa, ou do trabalho, de qualquer lugar sem pedir que Deus vá com você, que Deus te guarde de todo o mal. Não brinque com coisa séria. Deus oferece proteção, basta nós pedirmos. O mundo tá muito louco pra que nós achemos que não precisamos da proteção de Deus. Lembre disso: não saia de casa sem orar, sem buscar a Deus. Isso não te dá a certeza de que nada irá acontecer, mas dá a certeza de que Ele está no comando, que Ele está nos protegendo assim como fazia com o povo de Israel, é a nuvem que de dia era como sombra e de noite era como luz.

Anúncios

Parabéns, Porto Alegre!

26 março 2009


Pra quem mora aqui ficar orgulhoso. Pra quem está longe matar a saudade.
 Pra quem não conhece a cidade, uma amostra de Porto Alegre no dia do seu aniversáriode 237 anos.

É, o Zaffari está ganhando espaço gratuito, mas tudo bem porque o comercial está muito lindo.

Comunicação – parte 1

23 março 2009


barde2Várias vezes, durante minha infância, ouvi meu pai contar de uma tia dele que era professora no interior do interior. Lá onde chamavam de ‘colônia’, numa época que para ser professora não precisava ter, necessariamente, um curso normal ou superior. Ela alfabetizava crianças usando um método de soletração! Ela soletrava primeiro e pronunciava a palavra inteira depois. Acontecia mais ou menos assim: B-A-L-D-E …BARDE! Isso mesmo, ‘barde’. E nós dávamos muitas risadas desta história, que reproduzo até hoje.

Meu pai, por sua vez, graduou-se em Letras e fez, inclusive, uma tal licenciatura plena, (embora eu não tenha bem idéia do que vem a ser isto). Assim, eu cobrava dele que, por ser ele professor de português, não deveria usar expressões como: “as pedra de parlepi”, “os cascaio da estrada véia” e “enchê os barde d’água”. Claro que exagerei um pouco nas expressões, hehe, eram coisas bem mais sutis… Esse uso acontecia, eventualmente, quando encontrávamos alguém que era do interior da ‘colônia’ e também falava assim.

Ele me deu uma resposta que na época não me convenceu, mas depois me serviu como lição de comunicação. Claro que com o tempo desenvolvi um conceito mais amplo sobre o assunto, mas a idéia é quase a mesma. Para que as pessoas entendam facilmente o que você quer lhes dizer você deve falar a linguagem e usar exemplos que elas estejam mais familiarizadas. Se você falar com um vocabulário rebuscado e usar exemplos que lhes são incomuns o canal de comunicação com elas pode ser interrompido, e o recebimento da mensagem, que seria o mais importante, pode falhar por tropeçarem no constrangimento e na ignorância, criando assim uma grande barreira. Conhecer o universo das pessoas que queremos nos comunicar ou relacionar é muito importante para não sermos mal interpretados e não ofendê-las. Também para não passarmos por esnobes e arrogantes. Comunicar é diferente de ensinar. Está mais para se relacionar.

Entendi que meu pai não queria ensinar seus conhecidos e parentes, queria ser próximo, ter conexão, entender e ser entendido, se relacionar.

Paulo apresenta uma lição parecida em 1 Coríntios 9:20-23

“E fiz-me como judeu para os judeus, para ganhar os judeus; para os que estão debaixo da lei, como se estivesse debaixo da lei, para ganhar os que estão debaixo da lei.

Para os que estão sem lei, como se estivesse sem lei (não estando sem lei para com Deus, mas debaixo da lei de Cristo), para ganhar os que estão sem lei.

Fiz-me como fraco para os fracos, para ganhar os fracos. Fiz-me tudo para todos, para por todos os meios chegar a salvar alguns.

E eu faço isto por causa do evangelho, para ser também participante dele”.

 

Você é viciado em TV?

18 março 2009
  1. Você assiste a tudo o que passa na TV?
  2. Perde o controle das coisas quando vê TV?
  3. Fica bravo consigo mesmo pro ter gasto tempo nesse hábito?
  4. Não consegue parar de ver TV?
  5. Fica infeliz quando não está diante de um televisor?
  6. Frequentemente, você prefere assistir à TV em vez de conversar, ler ou ir à igreja?

 

Se respondeu afirmativamente a pelo menos quatro das perguntas acima, você é um “TV-ólatra”. Pense nisso e procure lutar contra o problema.

(Michelson Borges, Nos Bastidores da Mídia)

 

“A televisão mutilou nossa capacidade de solidão, violou nossa dimensão mais íntima, mais privada, mais secreta. Acorrentados por um ritual invasor, fixamos um quadro luminoso que vomita milhares de coisas que se anulam mutuamente, numa vertiginosa espiral. A paz só vem quando se desliga. Às onze horas, à meia-noite, pesa sobre nossos ombros um grande e obrigatório cansaço. Vamos para o nosso leito carregados de uma vaga má consciência e, no escuro, os olhos fechados, tentamos restabelecer o vínculo, com o fio rompido, do silencio interior que nos pertencia…”

(Frederico Fellini, Le Monde, 15/1/1982)


Extraído da Revista Conexão JA, jan-mar 2009

Igreja na New Zealand

14 março 2009

Bebê KiwiEm Porto Alegre o dia se encaminhava para o pôr do sol de sexta feira; aqui, estávamos nós todos indo para a igreja mais uma vez. Nesse tempo que estamos overseas como os kiwis falam, temos experimentado várias coisas que adoraríamos dividir com nossos amigos mais chegados. Como fazer aquela viagenzona internacional que tantas vezes comentamos entre um pastel e outro. Pastel aliás, que não existe nessas bandas de cá.

Tentando suprir uma parcela muito, mas muito pequena dessa lacuna, fizemos um vídeo pra ajudar a mostrar uma autêntica igreja kiwi. Com a apresentação de dois ex-eas, (ou serão eas para sempre?) claro. Ah, o loirinho aí ao lado estava sentado na nossa frente. A Daiane não conseguiu resistir a tirar foto do molequinho.

Para dar uma atualizada no visual inchado dos ex-componentes, aqui vão fotinhos tiradas hoje. Sábado, 14 de março de 2009.

img_3819adsc01031

Sândalo na Floresta

10 março 2009

  

O Sândalo é uma árvore originária da Índia da qual se extrai óleo usado em perfumaria. Lá é uma árvore sagrada, o próprio governo defende sua preservação. Pois bem, neste fim de semana que passou sentimos o aroma do louvor do Sândalo aqui na nossa Floresta. O Instrumental e Vocal Sândalo, que é da Igreja de Cachoeirinha, participou do primeiro JA do ano da Floresta.

 sandalo-floresta-001b

 

O instrumental do Grupo Sândalo ajudou muito e participou das comemorações dos 11 anos do entre amigos, agora foi muito especial conhecer também o vocal.


Pra quem não estava neste JA na Floresta e talvez não os conheça, veja este vídeo que está no you tube e foi gravado no ano passado na Igreja deles.

Link para Música – Quero Estar Pronto pra Subir

Arautos do Rei – antes e depois

8 março 2009

Conseguimos algumas imagens (feitas por José Mendes) do último ensaio, antes da primeira sessão de gravação do dvd, e outras de momentos depois da gravação… veja aqui:

Arautos do Rei – Gravação do dvd “Vale a pena esperar”

3 março 2009

Fiquei sabendo desta notícia e fui neste site pra conferir: www.novotempo.org.br e era verdade. Eu não vou poder ir, mas se alguém puder não esquece de contar pra gente depois como foi.

sem-titulo

Fuga Para Deus – Evento com o autor

2 março 2009

mission

O Departamento de Lar e Família da ACSR promove nos dias 6 e 7 de março próximo, uma programação especial com o autor do livro FUGA PARA DEUS, Jim Hohnberger, no auditório do Colégio Adventista Marechal Rondom – CAMAL, aqui em Porto Alegre. Os ingressos são para casais, e pelo que soube pela Michele, responsável pelas inscrições na ACSR, estão praticamente esgotados. Sexta-feira, dia 6, o programa começa 19h 30min, com previsão de uma hora e meia de duração. Sábado dia 7, começa 14h 30min e durará cerca de três horas. ACSR 51 3375 1616. Na Associação não souberam me dizer o tema específico a ser tratado na palestra. O livro trata da experiência de uma família em tornar-se plenamente dependente de Deus, afastando-se, ao máximo, de tudo o que podia afastá-los de Deus, para que, estando mais próximos dEle, pudessem ouvir Sua voz.
featured_02091Mas descobri no site http://www.empoweredlivingministries.org que há um novo livro que parece propor: ande com Deus, tenha simplicidade na sua vida, revitalize seu casamento, reconecte sua família e toque a vida dos outros, com o título Irresistible…Revitalize and Empower Your Marriage–by Jim Hohnberger.