Archive for dezembro \09\UTC 2008

Pelotas – Jaguarão – Rio Branco

9 dezembro 2008

pelotas-topo1

2008 para o Grupo Entre Amigos encerrou em Pelotas. E não poderíamos ter encerrado em melhor companhia. Esse acabou sendo o ano que mais cantamos com o acompanhamento de uma banda: os nossos amigos competentíssimos do Sândalo. Para todos vocês, o nosso muito obrigado em tamanho outdoor. Vocês fizeram de nossas apresentações nesse ano algo para se lembrar.

pelotas-bia-e-andre

Ano passado fomos a Pelotas cantar em uma programação de pequenos grupos da ASR na UFPEL. Acabou que não cantamos na Central, nem passeamos pela cidade. Conhecer a bonita igreja nova, resultado da reforma de anos passados, ficou para essa viagem. Uma grata surpresa. A igreja está muito bonita.

pelotas-colagem

O fim de semana teve de tudo. Aniversários na ida, caminhadas em Pelotas e claro, programação JA, num modelo que estreamos por lá: quase todo mundo falou. Ih! Teve gente que gelou, teve gente que chorou. A verdade é que nem todo mundo ganhou o dom da oratória. Nosso negócio é cantar mesmo, mas a gente se vira, e não pede água. No final das contas, acho que a igreja acabou gostando do programa.

pelotas-tenores

Chegamos em Pelotas por volta de 01h00 da manhã. Carimba, tradição mantida. Os coitados dos irmãos ainda nos esperavam para nos receber. E como receberam! A acolhida pelotense foi de cinema. Falo por mim, o Bruno e a Jose na foto abaixo fizeram de tudo para que nos sentíssimos em casa. Impossível. Eles nos fizeram nos sentir como se estivéssemos em um hotel! O almoço, a sobremesa. Sem comentários. De novo: Muito obrigado!

pelotas-bus

Depois disso, fomos visitar Jaguarão. Na verdade, esse era o caminho que nos levava a Rio Branco, cidade uruguaia de fronteira. Nem todo mundo forrou os bolsos de compras, mas pelo menos os alfajores, toblerones e doces de leite sofreram baixa. Claro, e todo mundo se preparou para o amigo secreto de final de ano do EA, que fizemos na volta.

pelotas-uruguai

Encerramos o ano em alto estilo. Uma despedida sem cara de adeus. Foi como em todas as vezes em que estivemos juntos, afinal, somos uma família. E familiares nunca deixam de ser familiares, não importa a distância que os separem. Seja de Porto Alegre a Pelotas, ao Uruguai, ou ao outro lado do mundo. Segue-se a vida. Segue-se amando. Porque a saudade é uma certeza que o amor vive mesmo longe, mesmo em lágrimas e mesmo sem elas.

Anúncios

Chegamos!

7 dezembro 2008

pelotas-retorno

Nenhuma viagem é tão cansativa quanto o prazer de fazê-la. Muito menos essa que nos levou e trouxe de volta de Pelotas. São essas experiências que nos mantém apaixonados por esse trabalho. Aos irmãos pelotenses, aquele ENORME abraço – ah, e chegamos bem… logo, logo, daremos mais informações da viagem em outro post. Abraço!

1 Semana, 1 Taça!

4 dezembro 2008

diego-e-dudu-gea

Pô, o guri não me deixa mentir sozinho…

Essa foto é de ontem à noite. Uma semana de vida e o Eduardo já deu amostra de ser pé quente. Reparem no sono de confiança. Na metade do jogo ele já sabia o resultado e capotou. Tá em casa, o guri é dos bons, é dos nossos…